Category: Semana 3

Atividade – Semana 3

• Enquadramento / Contextualização do Projeto
Nas últimas décadas os conflitos escolares têm sido uma realidade presente nas Escolas. É, sem dúvida, um fenómeno que tem preocupado a comunidade educativa e ao qual as Escolas têm tido dificuldade em encontrar respostas adequadas e inovadoras.
A resolução positiva de conflitos é uma prática de intervenção que acredita na resolução de conflitos escolares de uma forma pacífica e cooperante entre as partes e que se baseia num conjunto de técnicas de comunicação e de pensamento criativo. Estas práticas surgiram nos EUA na década de 70, no séc. XX, e têm vindo a crescer na Europa.
Um projeto de gestão e resolução positiva de conflitos escolares é uma forma inovadora de responder a uma necessidade de promoção de competências pessoais e interpessoais dos professores que assumem um papel central na gestão das turmas. Mais, requerem exigência na qualidade dos processos, persistência na sua continuidade, avaliação e reflexão com os intervenientes
O projeto de resolução positiva de conflitos consiste na dinamização de uma ação de formação intitulada “ Resolução Positiva de conflitos em Meio Escolar”.
• Objetivo Geral
Desenvolver capacidades e competências nos professores para a gestão e resolução positiva de conflitos escolares, de modo a transformar o conflito em oportunidade.
• Destinatários
Os destinatários deste projeto são todos os professores da escola. Isto é, todos os docentes devem estar abrangidos pela ação de formação proposta.
• Duração do Curso
Esta ação decorrerá na modalidade de Curso de Formação Online, com a duração de vinte e cinco horas, como tentativa de dar resposta a uma preocupação da Escola, transformada em problemática prioritária do Projeto Educativo – falta de formação sobre a resolução positiva de conflitos para o corpo docente.
• Prés requisitos
Dominar a informática na ótica do utilizador, possuir computador com acesso à internet e experiência na sua utilização.
• Objetivos
o Apresentar e discutir teorias e conceitos relativos à resolução positiva de conflitos;
o Refletir sobre as estratégias e técnicas mais adequadas para se introduzir uma abordagem à resolução positiva de conflitos na sala de aulas;
o Reconhecer a mediação na escola como instrumento de transformação dos conflitos;
o Fomentar a importância do diálogo na resolução dos conflitos escolares;
o Aplicar a teoria apresentada a situações reais de sala de aula;
o Ajudar os Diretores de Turma em relação a casos específicos, de situações de conflito nas turmas;
o Apresentar um trabalho de projeto (grupo) sobre a resolução positiva de conflitos em meio escolar.
• Metodologia
Será privilegiada a reflexão individual e a dinâmica de trabalho de grupo para que os professores (formandos) tomem consciência dos seus pontos fortes e fracos relativamente à resolução positiva de conflitos. Como produto final pretende-se que os professores desenvolvam projetos acerca da resolução positiva de conflitos, nos quais ponham em prática as competências adquiridas ao longo da ação de formação.
• Conteúdos
Temática
o Enquadramento histórico – Social das transformações socioculturais e políticas educativas;
o Noções de conflito, mediação;
o Elementos de um conflito.
Temática
o Dinâmicas do conflito e o contexto relacional;
o Estratégias de intervenção a nível da escola para a resolução de conflitos.
• Recursos
Ao longo do curso, serão disponibilizados os recursos de aprendizagem e materiais necessários ao desenvolvimento das diferentes atividades.
• Avaliação
o Na última sessão da ação de formação será proposto aos professores (formandos) que avaliem o interesse e a relevância prática da ação em questão, face à resolução positiva de conflitos. Nesse sentido, todos preencherão uma ficha de avaliação formativa (Questionário Final), a fim de saber o grau de satisfação dos destinatários do projeto.
o Ao longo da formação as atividades serão avaliadas qualitativamente e quantitativamente. Será atribuída, posteriormente à ação, uma classificação quantitativa a cada professor (formando).
Considerações Finais
Os conflitos nos estabelecimentos escolares nos nossos dias têm um impacto muito grande a nível do desempenho e da produtividade dos alunos, docentes e pessoal não docentes.
A resolução de conflitos na escola é uma temática que está na ordem do dia, gera debate e põe em causa fortes convicções sobre como agir no contexto escolar, quando os problemas passam pela autoridade e pela disciplina, pela violência e pela intolerância, pela falta de comunicação ou comunicação negativa.
Para resolução de situações de conflito nas escolas, é necessário que todos se sensibilizem e se consciencializem que o problema existe.