The Personal Learning Environments – the future of eLearning?

ATTWELL, Graham, (2007) “Personal Learning Environments – the future of eLearning?”. Revista eLearning Papers. Disponível em http://www.elearningeuropa.info/files/media/media11561.pdf.

No artigo Graham Attwell faz uma excelente introdução antes de tratar do tema dos ambientes pessoais de aprendizagem propriamente ditos. De entre outros fatores que propiciariam a criação de tais ambientes ele cita as necessidades atuais que temos de aprender ao longo da vida. Ora, se utilizamos uma LMS, deixamos de usá-la no final do curso e isso não atende às necessidades do aluno atual. Atender às necessidades da aprendizagem informal e aos diferentes estilos de aprendizagem são dois outros fatores importantíssimos que surgem na atualidade tal como é referido por Graham Attwell no documento “Os Ambientes pessoais de aprendizagem possibilitam ao aluno configurar e desenvolver um ambiente de aprendizagem adequado a si e ao seu próprio estilo de aprendizagem.” Por outro lado, a tecnologia desenvolvida atualmente do software social, chamada de Web 2.0 propicia que sejam criadas e utilizadas várias ferramentas colaborativas como blogs, wikis, sites como Delicious, ferramentas para publicar vídeos e podcasts produzidos pelos utilizadores. Graham Attwell refere que “Estamos a descobrir lentamente – ou melhor os alunos estão a descobrir as novas utilidades das tecnologias para aprendizagem. Mensagens instantâneas, partilha de ficheiros, redes sociais. E claro os blogues. Um número considerável de relatórios documentaram a forma como a denominada “geração da net” usa os computadores no seu dia a dia”. Graham Attwell afirma que os ambientes pessoais de aprendizagem podem chegar a ter o potencial de juntar a aprendizagem adquirida na vida com aquela advinda da escola. Mas, com o que se pareceria um ambiente pessoal de aprendizagem? Para Graham Attwell um Ambiente pessoal de aprendizagem é composto de todas as ferramentas diferentes que utilizamos na vida diária para aprender No artigo de Graham Attwell há a menção de que por mais ferramentas que possam ser organizadas pelo indivíduo para a aprendizagem, os ambientes pessoais de aprendizagem estão relacionados com um determinado conceito de educação, um conceito que certamente faz com que os alunos tenham que desenvolver maior responsabilidade e independência. Por outro lado, Graham Attwell refere no artigo que uma aplicação open source está a ter muita atenção na comunidade educacional. Trata-se de uma plataforma para redes sociais que engloba weblogging, arquivos, RSS, perfis pessoais. Tal aplicativo conduz-nos a um ambiente utilizado tanto nas universidades quanto na sociedade como um todo: as Redes Sociais Virtuais (Social Virtual Networks).

Graham Attwell termina o seu artigo dizendo que “os Ambientes pessoais de aprendizagem podem ser a ponte entre os jardins emparedados das instituições educacionais e o mundo exterior. Dessa forma os alunos podem desenvolver o sentido crítico e as capacidades ou a literacia necessárias para usar as novas tecnologias numa sociedade em constante mudança.”

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s